Bienal 2015: impressões

Gente, UFA! Finalmente consegui um tempo para vir escrever sobre as minhas impressões da Bienal do Livro desse ano (isso porque, além a correria do dia a dia, inventei de ficar doente)! Mas vamos lá, separei o post em categorias e estou preparando um post especifico para mostrar o que comprei lá (libero em breve).
IMG_20150903_155523043

Esse post faz parte de uma série de posts sobre a Bienal, para ver os outros, clique abaixo:
Dicas para a Bienal 2015
Compras Bienal 2015

Organização

Nesse quesito já vi gente falando que a Bienal desse ano estava muito melhor e mais organizada que a Bienal do ano passado (em São Paulo). Francamente? Eu discordo. O único lugar em que vi uma pequena melhora foi nas filas do banheiro e na limpeza do mesmo: quando precisei ir no sábado (que é um dia cheio) peguei uma fila pequena (a do bebedouro é que estava bem grande) e no banheiro estava tudo bem limpo, inclusive com as moças da limpeza limpando o tempo todo. Fora isso, os mesmos gargalos de sempre: filas dando voltas nos stands, máquinas de cartão lentas ou inoperantes, desorganização dentro dos stands, vendedores despreparados ou mal-educados (foram poucos) e obviamente consumidores sem noção.

IMG_20150905_162125152

Eventos e autógrafos

Esse ano não pretendia pegar nenhum autógrafo, pois, sinceramente, não estava com vontade de madrugar lá, depois correr para entrar nas filas e torcer para não ser esmagada ou derrubada nesse percurso. Fora que o único autógrafo que eu gostaria era o do Josh Malerman e não poderei ir no dia dele. Entretanto, sabia que o Pedro Chagas (Prometo falhar) estaria lá e pensei que talvez ele não fosse ser muito procurado. Engano meu. Primeiro houve vários problemas de comunicação da editora com os leitores e mudaram as regras de autógrafo dele algumas vezes, deixando várias pessoas confusas. No final acabou que a fila não diminuiu durante duas horas, meus pés doíam e eu já não me sentia muito bem. Fui embora sem o autógrafo (mas com muitos marcadores!). Essa foi a única experiência que tive para conseguir autógrafos, então não sei se vale muito de comparação.

Sobre palestras e afins, acabei não pegando nenhuma por motivos de: desorganização. Minha mesmo! Não me planejei e não consegui chegar a tempo nos lugares. MAS consegui ir ao 3º encontro de Booktubers para inscritos e pude conhecer e apertar o fofo do Victor Almeida (várias pessoas furaram as tentativas de filas que uns poucos tentavam fazer). Queria ter visto os meninos do Estante Geek, mas só encontrei um menino muito parecido com o Pedro e não tive coragem de descobrir se era ele mesmo. Não consegui encontrar a Pam e nem a Jout Jout :/

IMG_20150905_124712398_HDR

Juro que não tenho essa cara sempre, eu tava doente! Mas o Victor é um fofo, amorzinho!

Preços

Acho que essa é a parte que todo mundo quer saber né? Para quem não viu, fiz uma cobertura de quinta e sábado no twitter do blog (siga a gente lá, é onde liberamos as novidades primeiro). Achei que tinha muita oferta que compensava e outras que não valiam nem um pouco a pena. Ano passado, me decepcionei com os preços absurdos do Grupo Editorial Record e já fui com o pé atrás esse ano achando que eles repetiriam o mesmo erro, mas para minha surpresa, não fizeram isso. Sabem quem fez? Companhia das Letras :/ Os preços que eu não tiver certeza, marcarei com um * (não é fácil lembrar de todos, mas a diferença não passa de R$ 5)

Então, vamos conferir os preços que encontrei em alguns stands (é só clicar no nome da editora/grupo editorial que serão exibidas as informações):

O stand do Grupo Editorial Record estava com aproximadamente 1300 títulos (dos seus mais de 8000) e um dos livros que queria ‘Perdidos por aí’ não estava lá. Porém as editoras estão com 20% de desconto em todos os livros e 10% adicionais se o leitor levar 3 livros ou mais. Bacana né? Comprei muita coisa legal lá.

IMG_20150903_161735714_HDR

IMG_20150903_161655479_HDR

A Intrínseca não tinha descontos progressivos e nem preços super atraentes, porém teve novamente a seção promocional de livros por R$ 5 e por R$ 9 cada. Aproveitei e comprei alguns que não tive coragem de pagar o preço cheio em outras oportunidades.
Aq5TzvM3YgWDEQw25VlOh3uPqmq3GfCd1a88Pl_lBwKm
Uma coisa fofa eram essas luminárias de livros que colocaram penduradas no caixa, estou morrendo de vontade de fazer uma pra mim!

Uma coisa legal que a Intrínseca fez foi colocar o preço perto do livro, sem precisar ficar procurando por preceiros (que foi a escolha da maioria das editoras) e isso facilitou muito as compras e não agravou a bagunça.
IMG_20150903_163457418
Alguns brindes você só ganha se comprar o livro respectivo (por exemplo: uma bolinha daquelas de ficar apertando para desestressar roxinha do livro ‘Não se iluda não’)

No stand grande e lindo da Companhia das Letras não tinha muita coisa além da beleza. Os preços estavam o dobro, as vezes o triplo, do que encontramos na internet.

IMG_20150903_165311388
Alguns exemplos: Encruzilhada R$ 29.90, A herdeira (que não é mais lançamento) R$ 29.90, Os bons segredos R$ 39.90* e por aí vai. E também não tinha descontos progressivos e nem um cantinho com livros em promoção. Foi a minha maior decepção da Bienal. Ainda assim, acabei comprando alguns livros, mesmo não compensando.

IMG_20150903_165806714

Sou suspeita para falar da Novo Conceito, afinal ela é uma das minhas editoras favoritas. O tratamento dos leitores nas mídias sociais e ao vivo é um amor e os atendentes são sempre atenciosos e pacientes.
IMG_20150903_172315515_HDR
Agora, sobre os preços: são os mesmo preços da internet com variação de R$ 5 para mais ou para menos, quando existia. A maioria dos livros estava entre R$ 15 e R$ 30.

IMG_20150903_170504386_HDR

No centro do stand tem um banquinho para descansar que está sempre recheado com marcadores. Eles estão cheios de bottons e marcadores e é só pedir que eles dão com o maior prazer. No stand também tem canecas super divertidas para vender. Vou mostrar mais no post das comprinhas.
IMG_20150903_170522297

A Rocco estava com 20% de desconto, na teoria, pois o box de Divergente estava por R$ 99, enquanto você consegue achar pela metade na internet (Submarino). Não achei nenhuma vantagem no stand e também não fiquei para descobrir se tinha descontos progressivos ou outras coisas.

IMG_20150903_172543181_HDR

O pessoal da Agir Now estava com prateleiras super fofas com os sucessos do selo e ainda vários marcadores espalhados só esperando que os levassem para casa. Eu não poderia deixar de tirar foto do meu queridinho Vivian. Os preços não estavam melhores do que os da internet, porém não era nada absurdo.

IMG_20150903_174020748_HDR

Em outro espaço também tem um bocado de edições diferentes, fofas e coloridas pros fãs de ‘O pequeno príncipe’ se jogarem.

IMG_20150903_174207723_HDR

Sobre os preços, tinha muita coisa de promoção, principalmente de GoT, mas de outras séries também, fora os brindes para compras especificas: camisetas, canecas e bottons. Vale a pena dar uma passada lá!

IMG_20150903_175214119

Novamente a Leya trouxe o trono de Game of Thrones para a galera tirar foto, mas mesmo nos dias de semana é um pouco difícil conseguir tirar foto, pois sempre tem um ou outro sem educação que fura fila.

IMG-20150909-WA0001

Na Valentina, apesar dos descontos progressivos (40% de desconto se levar 4 livros ou mais) não vi muita vantagem, principalmente pra mim que queria comprar só um livro. Ele estava por R$ 34 no stand, não era lançamento e quando mostrei para a atendente o mesmo livro na internet por R$ 17 ela ficou sem saber o que fazer da vida. É uma boa pra quem quer comprar muitos títulos da editora, para mim não funcionou.

IMG_20150905_133626969_HDR

Por fim, mas não menos importante: Panini e seu lindo stand que nunca ficava vazio. Sério mesmo: fila para entrar e depois outra fila para pagar. A Panini está com ótimos títulos a preços muito bons, além do desconto de 25% em tudo! O único problema é que várias séries estavam incompletas. Ataque de Titãs só tinha o volume 11, por exemplo. E isso no primeiro dia ainda. No sábado foram chegando mais títulos e o stand foi ficando mais completo, mas ainda assim, várias coleções continuaram desfalcadas.

IMG_20150903_180308459_HDR

Sobre os preços: tinha graphic novel da Marvel com capa dura e tudo mais por coisa de R$ 17, mas também tinha títulos por R$ 70 e R$ 90. A turma da mata estava R$ 21,90 com capa normal e R$ 23,90 com capa dura. Os 4 primeiros volumes de Valente estavam saindo por R$ 47,90 mas como eu não conhecia nada dessa HQ ainda, comprei só o 1º volume e paguei entre R$ 6 e R$ 8.

IMG_20150903_181703480

P.S.: a Panini ainda tem aquelas sacolas estruturadas bonitas de papelão da Hora da Aventura, porém só estão dando ela agora se você comprar alguma coisa da Hora da Aventura.

IMG_20150903_181511847

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

14 Discussion to this post

  1. Rafaela disse:

    MORTA FEAT. ENTERRADA com o estande da Panini. Ainda não tinha visto fotos desses ângulos!

    Adorei demais o post, Ju! Super completo e as fotos ficaram ótimas 😀

    É uma pena que os descontos não sejam o grande atrativo… Isso acaba acontecendo em todos os eventos do gênero, acho. A Feira do Livro aqui em Porto Alegre também nunca tem descontos incríveis. Não deve ser fácil competir com os preços das grandes varejistas.

    O mais legal mesmo deve ser encontrar pessoas queridas <3 Vou me organizar pra ir na do ano que vem!

    Beijo beijo Ju 🙂

  2. Carla Moreira disse:

    Gente, esse blog arrasa! Vou muito mais confiante para a bienal agora! Ju, se estiver por lá mais tarde, manda um alô pra galera de Monnerat (interior do Rio) que vai estar lá! 🙂

  3. Evandro disse:

    Sempre tive vontade de ir a Bienal, mas como moro muito longe no Sul do país, nunca tive a oportunidade de ir, quem sabe um dia.
    Mas esses eventos grandes sempre tem alguma falta de organização ou algo do tipo, o que tira um pouco do brilho.
    Enfim, parabéns pela ótima cobertura do evento.
    Abraços e muito Sucesso!

  4. Toda vez que vejo um post da Bienal fico com uma invejinha… Moro em Pernambuco e sempre planejo ir na Bienal do Rio, mas nunca consigo porque sou péssima me planejando! kkk Minha única alegria é que também tem uma Bienal aqui em Pernambuco, claro que em proporções bem menores, mas ainda assim é um evento grande. Na outra em que fui, infelizmente não houve patrocínio do governo e poucos editoras compareceram, estou esperando para ver como vai ser esse ano! A estande da Panini estava linda, acho que ia surtar se visse hahaha
    Abraços!

  5. Oii
    Esses negócio de desorganização irrita mesmo, nada pior do que as pessoas que estão la para informar e organizar não sabe fazer o que deve.
    Acho que o que me faria ir a esse tipo de evento são os decontos então eu sairia um pouco chateada

  6. Oiii!
    Menina, eu sai de SP para essa Bienal – na verdade ia ficar o FDS com meu namorado e a segunda no evento – achei bem melhor que SP no quesito espaço, pelo menos no dia que eu fui. Mas a falta de organização era visivel pela fila. O pessoal ficou em uma unica para compra e entrada, acontece que quem comprou antecipado poderia entrar mais rápido.
    Os preços estava mais em conta na NC e na Leya que foi onde consegui ir.
    Pena que não conseguiu os autográfos 🙁

    Beijinhos.

  7. Olá, eu queria tanto ter ido para a Bienal esse ano, mas para mim não iria compensar pois moro muito longe do Rio, mas vendo que os preços dos livros não estavam nada bons, foi melhor eu não ter ido mesmo, eu iria gastar uma grana só para ir e me manter por lá e ir acabar não podendo comprar quase nada. :S

    Beijos!

  8. Olá!

    A bagunça ficou pela fila, sem as informações corretas. Eu sou de SP e entrei rapidamente, pois tinha meu ingresso comprado antecipadamente. Tirando isso, achei o espaço maior (em relação a SP) e os stands tinham bons preços (pelo menos os da NC, Arqueiro e Valentina, que foi os que visitei). Infelizmente, fiquei pouquíssimo tempo, pois estava de carona, mas até onde vi, estava bem legal.

  9. Olá, tudo bem?

    Olha, eu fui dois dias na Bienal e confesso que achei o evento mil vezes melhor do que no último ano em que ele foi realizado aqui no Rio. Claro, nem tudo é perfeito e muitas coisas divergiam das expectativas de todo mundo. Porém a minha experiência foi mil vezes mais satisfatória. Então saí ganhando.

    Uma coisa que me incomodou BASTANTE foram os estandes nos quais o preço dos livros era inexistente. Haviam duas opções: perguntar para um dos vendedores ou passar na maquina de preços. Mas como é que a gente vai saber o preço se tem FILA para passar os livros nas máquinas? Ah, muito nonsense. Isso sim.

    Xx.

  10. Gab Bastos disse:

    Oi oiii!
    Eu só pude ir na bienal um dia e achei a mesma coisa de sempre, os mesmo tumultos e tudo mais.
    Também não peguei nenhum autógrafo porque não tenho a mínima paciência para filas.
    Achei os preços o de sempre, mas consegui algumas promoções boas e um número bom de livros novos e que parecem ser ótimos.
    E também muuuuuitos marcadores ahahahahaha
    Beijos!

  11. OIe! Bom, eu concordo com você. Achei muito desorganizado em alguns aspectos, condução e trânsitos uma porcaria, só isso deu uma dor de cabeça enorme. Filas e mais filas… Claro que teve pontos altos, e esses fizeram valer a pena.

    Beijos,
    Dai

  12. Ver seu post me deixou um pouco triste e nostálgica, pois fui na bienal de São Paulo, mas não pude ir na do Rio 🙁 Gostaria muito de ter ido. Que pena que ela foi um pouco desorganizada :(, mas fico feliz que tenha conhecido o Victor, adoro muito ele 🙂

  13. Camila LC disse:

    Oiiii, também participei dessa bienal que foi INCRÍVEL, infelizmente não encontrei nenhum dos meus Vlogueiros preferidos 🙁 Aproveitei muitos as promoções e os escritores o que me resultou em um buraco na carteira (Serio, acabou a bienal preciso fazer outro cofre para a próxima, depois ainda dizem que vida de leitor e fácil) Eu amei as estantes e as áreas para tirar foto (Me apaixonei pela cadeira, a folha da novo conceito, a Self da editora Charme) Na próxima edição vou ficar muitos dias (fiquei somente 2 esse ano) A bienal arrasa…

    Beijão amei as fotos

  14. Tahis Aguiar disse:

    Olá!Ai que saudade da Bienal. Esse evento é tao lindo e tão gostoso, tirando as muvucas.
    Os preços são sempre meio salgados mas sempre tem aqueles “descontos”, tem livro que não vale a pena comprar lá, melhor comprar na internet mesmo. Mas esse eu fui preparada e comprei tudo que queria sem dó rs, fui com intensão de comprar e comprei rs economizei e me joguei rsrs..
    Os estandes estavam lindos, como sempre a Novo Conceito arrasou, também gostei do Estande da Companhia das letras, estava lindo. A Intrínseca estava com ótimos preços, assim como a Arqueiro. Eu curti muito a Bienal. E esse ano a organização das senhas estava muito melhor do que nos outros anos! Que venha a Bienal em São Paulo!

    Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *