O Fim do Medo, Kathryn Lasky

Agora que Faolan é membro da Guarda do Anel, o que mais tem ele para aprender? Seu caminho até aqui tem sido permeado de provações e aprendizados, encontrando criaturas cheias de personalidade que o ajudam nos momentos mais difíceis das mais diversas formas. Se você se encantou pelo lobinho, vem saber um pouco mais da história dele como o grande lobo do Além.

A primeira missão que Faolan tem como membro da Guarda do Anel é a Slaan Leat: uma jornada pela verdade que parte de seu tummfraw, o lugar onde todos os lobinhos deformados são deixados a sua própria sorte ao nascer. Faolan já sabe onde é o seu, mas sua nova amiga Edme, a outra loba-ômega escolhida dentro do clã dos cruéis McHeath para a guarda, sente que o lugar onde deveria ser seu tummfraw não parece certo.

Os dois lobos partem para a jornada juntos, mas se separam para suas próprias verdades. Enquanto Faolan sentia a familiaridade e o poder do local, a decisão de entalhar os ossos com a histórias e dar a sua segunda provedora de leite um drumlym para honrar seus feitos toma parte da sua missão trazendo a sua mente a pergunta insistente de quem foi a sua mãe e primeira provedora de leite.

Já Edme chega a seu tummfraw sentindo apenas estranheza. Quando estava indo embora, se sentindo totalmente inapropriada, encontra outras lobinhas de seu próprio clã que foram responsáveis por abusos contra ela desde que é capaz de se lembrar e é graças a elas que a verdade surge diante de Edme: ela não nascera uma malcadh, seu olho fora arrancado quando ainda era filhote para que seu cruel clã pudesse ter algum poder sobre a Guarda do Anel. Edme volta a eles, desafiando o chefe Dunbar a confirmar suas suspeitas e se declarando então uma livre corredora, uma loba sem clã. Para isso ela acaba usando tudo o que pode da superstição dos lobos McHeath a seu favor, principalmente o mau tempo fora de época como prova e tudo o que isso pode causar na vida das criaturas.

Faolan e Edme se encontram novamente indo para os Vulcões Sagrados como os ossos de suas Slaan Leat roídos para contar suas histórias. No caminho, a beira do rio, admiram lobos e uma família de ursos compartilhando da caça e mostrando a real harmonia em que criaturas dos diversos tipos podem viver em todo o Além, desde que respeitem seus limites.

A jornada como lobo da Guarda continua. Os novos recrutas devem aprender a ler as chamas dos cinco vulcões, seus odores e todas as variações que apresentam nas diferentes épocas do ano, além dos intrincados saltos para enxergar melhor em todo o território em sua vigília e a arte de roer ossos entalhando com destreza a história das criaturas.

Eles tem muito o que aprender, mas o trabalho árduo dá prazer a eles junto a sensação de finalmente estar onde deveriam. Faolan e Edme seguem seu caminho até que Dunbar, com sede de poder e motivado pelo comportamento de Edme ao sair de seu clã, arquiteta um plano que pode criar uma guerra entre ursos-pardo e lobos, mudando toda a harmonia entre as criaturas. Eles sequestram um filhotes de urso, o bisneto de Grizz – o mais próximo que eles têm de líder – e o levam até as fossas, onde um velho lobo com a doença da boca espumante pode deixar alguém louco.

Para Faolan, que teve uma ursa como segunda provedora de leite, a guerra é ainda mais cruel e dilacera seu coração. O destino depende dos dois para salvar o filhote de urso a tempo e levá-lo até sua mãe, já no campo onde lobos e ursos se reúnem para a batalha.

– Deixem-me falar um pouco sobre o medo. Ele é só a outra ponta do osso da coragem. Um não existe sem o outro. A coragem, como disse um guerreiro da antiguidade, é o medo se segurando só mais um pouco. (…)

    Minha opinião

De vez em quando vejo programas sobre caça, sobrevivência e vida selvagem com meu pai. No Alasca as pessoas realmente precisam da carne e pele dos animais e eles respeitam os períodos de licença porque respeitam a vida e precisam disso para sobreviver. Há códigos legais e há tradições, e ambos são sagrados para eles.

Esse tipo de vida pode ter sido apreendido há muitos anos atrás com os animais, que carregam sua própria forma de civilização dentro do que chamamos de vida selvagem. E é esse espírito, essa ideia, que impregna a narrativa de Kathryn Lasky, os animais coexistindo e respeitando instintos passados por gerações.

 
O Fim do Medo (Watch Wolf)
Kathryn Lasky
Editora Fundamento
166 páginas
Lançamento: 2015
Comprar (Amazon – R$ 34,00)
 
 
 
 

AWTR ASSINATURA PARA BLOG3

Related Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *