Bom dia, Verônica – Andrea Killmore

bom dia verônica, verônica, suspense policial, suspense, suspense policial nacional, nacional, janete, brandão, marta, carvana, darkside, garota no trem

Em Bom dia, Verônica, acompanhamos a secretária da polícia Verônica Torres, que, na mesma semana, presencia de forma chocante o suicídio de uma jovem e recebe uma ligação anônima de uma mulher desesperada clamando por sua vida. Com sua habilidade e sua determinação, ela vê a oportunidade que sempre quis para mostrar sua competência investigativa e decide mergulhar sozinha nos dois casos. Vem saber mais sobre Bom dia, Verônica:

Verônica é uma assistente invisível com um passado secreto. Ela se sente desvalorizada no seu trabalho como secretária do delegado Carvana, um homem acomodado e negligente, que engaveta casos menores e só se empenha nos que lhe dão visibilidade e prestígio. Em um dia comum de trabalho, ao ver uma moça, Marta, sair do escritório de Carvana aos prantos, Verônica a conforta e tenta descobrir o que a levou até a delegacia e o que seu chefe fez para que a moça ficasse daquele jeito. Verônica descobre que Marta foi iludida por um rapaz que conheceu na internet e que, quando finalmente se encontraram, ele lhe passou uma doença e depois nunca mais a procurou. Em um momento de distração, Marta salta pela janela, deixando para trás as últimas palavras:

“Agora ele vai ser capaz de me amar.”

bom dia verônica, verônica, suspense policial, suspense, suspense policial nacional, nacional, janete, brandão, marta, carvana, darkside, garota no trem

Paralelamente, Verônica recebe uma ligação de uma mulher nervosa e desesperada, afirmando que acha que seu marido irá matá-la. Verônica não consegue extrair mais nenhuma informação sobre essa outra mulher ou sua suspeita, então deixa o caso de lado para voltar as atenções ao primeiro. Mais tarde descobrimos que esta mulher é Janete, esposa de um policial da PM, distante de sua família e amigos, com um marido, Brandão, dono de um passado misterioso. Após de anos de casamento, ele passou a demonstrar sinais de cansaço com a relação e com a mulher, além de outros comportamentos suspeitos, levando a esposa a acreditar que ele poderia estar perto de acabar com sua vida.

bom dia verônica, verônica, suspense policial, suspense, suspense policial nacional, nacional, janete, brandão, marta, carvana, darkside, garota no trem

Na televisão, Brandão vê um programa de notícias locais. A chocante história de uma mulher que se jogou da janela de uma delegacia. Nesse momento, de um jeito torto, Janete se identifica: existem no mundo outras pessoas com a vida tão desgraçada quanto a dela. Nem na tragédia ela é especial.

A secretária leva os dois casos à Carvana, afirmando com veemência de que existe mais sobre eles do que o delegado estava se permitindo enxergar, mas ele não lhe dá ouvidos e pede para que os casos sejam arquivados. Verônica decide então que vai investigá-los por conta própria, sem a permissão do chefe. A partir daí, ela embarca em uma aventura perigosa em busca de justiça para duas mulheres que lhe procuraram em momentos de necessidade. Verônica vai utilizar de contatos profissionais impróprios e métodos incomuns para conseguir respostas para ambos os casos. Bom dia, Verônica é narrado sob pontos de vida de diferentes personagens e trás perspectivas diversas para tornar a experiência do leitor mais rica.

    Minha opinião

Recebi o livro da Darkside para divulgação e aí já começaram as surpresas: primeiro que o livro veio em uma embalagem que simula uma caixa de madeira com furinhos (e tem super a ver com a história) e escrito Bom dia, Juliane. Sim, eles acertaram meu nome! Depois fiquei um bom tempo apreciando a capa e a edição maravilhosa da Darkside, antes de finalmente tomar coragem para ler (é que a capa dá um pouco de medo haha). E então acabei lendo o livro em um dia, apesar de ele não ser pequeno. Não tive vontade de largá-lo em nenhum momento: a história me prendeu do inicio ao fim. As personagens são bem construídas e a própria Verônica é muito identificável. Ela se esforça muito durante a história para ajudar Marta e Janete e embora faça algumas coisas erradas e ilegais, não tem má intenção. Ela me lembrou muito outra personagem de um livro que li há um tempo atrás, mas não vou dizer que ela tem a sindrome da garota no trem pois seria injusto com a autora.

bom dia verônica, verônica, suspense policial, suspense, suspense policial nacional, nacional, janete, brandão, marta, carvana, darkside, garota no trem

Impressionante como a gente é o que o passado faz da gente.

Por falar na autora, quando acabei a leitura fui pesquisar quem tinha escrito o livro e achei essa descrição na capa traseira e no site da editora: “Quanto menos você souber sobre Andrea Killmore, menos risco vai correr. Amiga íntima do perigo, a nova autora da DarkSide® Books é uma revelação que não pode se revelar, e seu verdadeiro nome continua um mistério até para a editora. Em outra vida, ela foi alguém importante dentro da polícia. Após trabalhar infiltrada em um caso e sofrer uma grande perda pessoal, a autora se viu obrigada a assumir uma nova identidade. E com ela, uma nova vocação. Escondida nas sombras, buscou na literatura a saída para vencer a depressão e não calar sua voz. Assim nasceu Andrea Killmore, pseudônimo batizado com sangue“.

A melhor maneira de esconder uma árvore é colocá-la em uma floresta.

Bom dia, Verônica é um suspense policial nacional muito bem construído que me deixou aflita em vários momentos, com uma trama original e um desfecho inesperado. Gostei muito do estilo da autora e se puder, com certeza lerei outras obras dela. Deixo aqui minha recomendação.

A verdadeira vantagem de ser invisível não é minimizar os danos, mas jogar o jogo da vida com as próprias regras.

bom dia verônica, verônica, suspense policial, suspense, suspense policial nacional, nacional, janet, brandão, marta, carvana, darkside, garota no trem
Bom dia, Verônica
Andrea Killmore
Darkside Books
256 páginas
Lançamento: 2016
Comprar (Amazon – R$ 29,90 em 30/01/2017)
 
 
 
 

AWTR ASSINATURA PARA BLOG3

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

2 Discussion to this post

  1. Clayci disse:

    Quando vi a divulgação desse livro fiquei muito curiosa para ler, mas vou esperar até achar uma promoção ahhauahhauhauhuaha. O trabalho da editora é lindo né?

  2. Luana Azevedo disse:

    Confesso que fiquei curiosa para conhecer mais sobre a história.

    Eu também já li livros em um dia só kkkkk
    Não sentia vontade de largar o livro por nada.

    “A melhor maneira de esconder uma árvore é colocá-la em uma floresta.”
    Amei essa frase♡♡

Deixe uma resposta para Clayci Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *