Melhores amigas, Emily Goud

melhores amigas, friendship, bev, amy, sam, Yidster, Sam, Steve, agência de empregos temporários, emprego temporário, pós graduação, emprego, Steven, Sally, gravidez

Quando se viram pela primeira vez, Amy e Bev trabalhavam em uma grande editora em Manhattan, onde Amy parecia ter um futuro promissor. Com personalidades e estilos bem diferentes, as duas se tornaram amigas graças à insistência de Bev. Em comum, uma certa imaturidade e os problemas financeiros: enquanto Bev acumula dívidas de seu financiamento estudantil, Amy sempre acaba gastando mais do que tem. Vem saber mais sobre a deliciosa aventura cheia de confusões de duas Melhores Amigas na vida adulta:

Bev está atrás de um emprego temporário desde que terminou com seu namorado Todd e voltou para Manhattan. Ela havia largado seu emprego na editora e uma pós-graduação para se mudar com ele para outra cidade. As coisas acabaram não dando certo e agora se encontrava realizando um trabalho administrativo aleatório em uma pequena empresa. Ela estava afogando em dívidas do seu financiamento estudantil e ainda tem que sobreviver até o final do mês.

Amy alcançou notória visibilidade na empresa que trabalhavam e no auge de sua carreira foi convidada a trabalhar no blog da Yidster por um período limitado. Esse tempo acabou e ela continuou lá pela comodidade. Ela gasta sempre mais do que ganha e mal consegue pagar suas contas. Ela namora o bonito artista Sam há um tempo razoável e acha que o aumento do aluguel é motivo mais que suficiente para que eles morem oficialmente juntos.

melhores amigas, friendship, bev, amy, sam, Yidster, Sam, Steve, agência de empregos temporários, emprego temporário, pós graduação, emprego, Steven, Sally, gravidez

Coisas estavam acontecendo para ela. Eram coisas ruins, mas pelo menos estavam acontecendo.

Melhores amigas aborda a jornada de duas amigas e suas escolhas e reações às incertezas, medos, expectativas, motivações e inseguranças que a proximidade dos 30 anos traz. Amy e Bev são personagens bem humoradas e estão sempre aprontando juntas. Cada uma delas está precisando desesperadamente de apoio, mas estão enfrentando circunstâncias difíceis por si só, que têm dificuldade em apoiar uma a outra. O livro tem alguns twists para deixar a jornada das amigas mais emocionante e as coisas pioram muito antes de começarem a melhorar, o que serve pra provar a força das duas mulheres e seus laços de amizade.

    Minha opinião

A edição da Rocco está maravilhosa e a capa nacional ficou mais bonita, na minha opinião. A ilustração da capa reflete bem o tema central do livro e eu gostaria que a editora tivesse apontado quem fez o desenho, achei realmente uma graça. A tradução também não deixou a desejar. Sobre a autora, eu não a conhecia, mas quando a pesquisei, descobri que os leitores gostam muito de suas obras. Emily Gould criou uma trama sensível e verdadeira. Curti o fato de ela ter inserido na história, de forma bem natural, o uso de tecnologia.

[ATUALIZAÇÃO] Quem fez as ilustrações da capa do livro foi a Brunna Mancuso, uma artista super fofa de São Paulo! Saibam mais sobre o trabalho dela aqui.

melhores amigas, friendship, bev, amy, sam, Yidster, Sam, Steve, agência de empregos temporários, emprego temporário, pós graduação, emprego, Steven, Sally, gravidez

Eu não quero dinheiro. Bem, não de você. Quero que pense em mim. Ligue para mim, me mande mensagens. Se importe com o que está acontecendo comigo, não apenas use-me para falar de todos os seus problemas, como uma terapeuta. Eu preciso que você se importe comigo.

A história é espontânea, bem humorada e emocionante. Descobri que tem muitos spoilers na orelha do livro e isso afetou minhas expectativas sobre ele. Então fica a dica: pule a orelha! Criei uma conexão maior com a Amy do que com a Bev, pois me identifiquei mais com a situação dela, o que não me impediu de me simpatizar com a Bev também. Vale dizer que quem vai gostar mais de Melhores amigas é quem se identificar com as personagens, pois o público de interesse da obra é um pouco restrito, mas o livro está mais do que recomendado!

melhores amigas, friendship, bev, amy, sam, Yidster, Sam, Steve, agência de empregos temporários, emprego temporário, pós graduação, emprego, Steven, Sally, gravidez
 
Título: Melhores amigas (Friendship)
Autora: Emily Goud
Editora: Editora Rocco
Número de páginas: 256
Lançamento: Fevereiro/ 2017
Comprar (Amazon – R$ 32,94 em 17/03)
 
 
 
 

AWTR ASSINATURA PARA BLOG3

 

*ESTE POST PARTICIPA DA PROMOÇÃO DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE MARÇO!*

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

10 Discussion to this post

  1. Larissa Costa disse:

    Oi Ju! Amei a história e confusões dessas duas amigas. Com o tempo a gente vai amadurecendo e nossa leitura também, então eu meio que parei de ler esses romances teens previsiveis e passei a ler livros que retratam mais a vida adulta, real!
    Amei o post!

    • Juliane disse:

      Oi Lari!
      A amizade delas é muito inspiradora e divertida! A diferença desse livro pros romances teens é que elas não são mais adolescentes, estão beirando os 30 anos. Mas ainda assim, a confusão é garantida!
      Obrigada pelo carinho, beijos!

  2. Dayan Valente disse:

    Oi, Ju! Tudo bom?
    A arte da capa é feita pela artista de SP, Brunna Mancuso. Acho que a info está na orelha de trás do livro.
    🙂

    • Juliane disse:

      Oi Dayan, tudo bem comigo e com você?
      Obrigada por me dizer! Já fui correndo conferir mais do trabalho dela e dei os créditos no post 🙂
      Beijo!

  3. janaina silva disse:

    Juliane,essas duas amigas tem algo em comum: A confusão financeira,não é?! 😀
    Gosto de vários estilos literários,mas nunca deixo de ler uma história divertida.
    Mesmo quando o público alvo do livro ,seja para pessoas mais jovens ou não,gosto de tramas assim… Mas acredito também que mostrará os dramas vividos pelas duas.

    Bjs.

    • Juliane disse:

      Oi Janaina, o livro é bem divertido mesmo. E confusão financeira é o que norteia a vida de quase todo graduado.
      Apesar de ter um público de interesse bem especifico, a história não deixa de surpreender!
      Beijos!

  4. Joicy disse:

    Acho que é como você mesma disse, um livro para um público mais restrito, e atualmente não me vejo fazendo parte desse público.
    Acredito que a história se encaixe no gênero chick lit, um tipo de leitura mais despretenciosa e tranquila. Esse tipo de enredo costuma abordar uma coisa mais cotidiana de forma divertida (o que parece muito com o que foi dito sobre a Amy e a Bev), parece legal, mas não é de fato o meu tipo de leitura, talvez pra uma “ressaca literária”.
    Livros sobre amizade, contudo, tem tudo para serem bacana ^^.
    OBS.: O fato de conter spoilers na “orelha” do livro é um tanto quando decepcionante, o melhor de um livro é você “entrar” nele e descobrí-lo por si mesma.

    • Juliane disse:

      Oi Joicy, tudo bem com você?
      Os spoilers na orelha foram realmente um ponto negativo desse livro :/
      Apesar de ter um público de interesse bem especifico, a história não deixa de surpreender!
      Beijos!

  5. Mirian Kely disse:

    É muito bom ler livros onde há duas amigas enfrentando os problemas da vida, acho que a gente se identifica bem mais, e com toda a certeza nos instiga a ler. Essa capa tá maravilhosa mesmo.

    • Juliane disse:

      Oi Mirian, tudo jóia?
      Sou apaixonada nessa capa, ela é um amorzinho!
      Apesar de ter um público de interesse bem especifico, a história não deixa de surpreender!
      Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *