Amizade é também amor, Fabrício Carpinejar

amizade, amor, fabricio carpinejar, carpinejar, convivência, família, sofrimento, lealdade, casa, amigo, amigos

Em seu novo livro de crônicas, Carpinejar não fala de amor, mas de amizade. São 122 textos ao longo de mais de 200 páginas que combinam reflexões de companheirismo e humor do cotidiano com lembranças da infância e um ou outro conselho sobre convivência. Vem saber mais sobre Amizade é também amor, de Carpinejar:

Amizade é também amor é um livro de crônicas do famoso autor Fabrício Carpinejar. Nesta obra, ele trás mais de 120 textos sobre amizades, brigas, problemas, dificuldades e vários outros aspectos das relações entre amigos. As crônicas são curtas e fáceis de reconhecer. Nas crônicas, Carpinejar nos faz refletir sobre lealdade e carinho e através das histórias narra diversas situações da vida, deixa várias recomendações e nos faz relembra de cada amigo que já passou pela nossa vida em cada crônica.

Meus textos favoritos foram: “Dê um desconto ao amigo“, “Vou tentar” e “Não é simples se apaixonar“. O primeiro fala sobre a importância de ser mais compreensivo com os amigos que estão sempre ao nosso lado, afinal eles também tem problemas e precisam de compreensão. O seguinte aborda que amizades verdadeiras nos fazem querer ser melhores versões de nós mesmos. O último trata de se abrir para um amor pode ser a coisa mais difícil que fazemos.

amizade, amor, fabricio carpinejar, carpinejar, convivência, família, sofrimento, lealdade, casa, amigo, amigos

Minha opinião

Amizade é também amor é o meu primeiro contato com uma obra do Fabrício Carpinejar. O que é uma vergonha, já que ele tem 40 livros publicados, vários prêmios literários, escreve para Zero Hora e O Globo e é colaborador do programa Encontro com Fátima Bernardes da Rede Globo. Já tive oportunidade de ler suas obras em algum momento no passado, mas passei outras obras na frente. E ao ler a primeira crônica, meu pé atrás não mudou de lugar. O primeiro texto é fraco e isso me desanimou muito. Porém, todos os seguintes são muito bons. O que me fez questionar a decisão de abrir a obra com aquela crônica em particular.

As frases e os capítulos são bem curtinhos (o que facilitou na hora de colocar os tweets aqui haha). Cada texto varia entre duas e três páginas e a leitura é super fluida. É impossível não se identificar com pelo menos uma crônica do livro: Carpinejar soube captar a essência das amizades e o amor por trás dos problemas, defeitos, cuidados, lealdade, cumplicidade e do carinho e traduzir em textos pocket. O autor transmitiu com louvor como são as amizades verdadeiras e como as cultivar.

Amizade é também amor foi um livro rápido, embora não precise ser lido todo de uma vez, os textos são independentes e únicos. É uma ótima idéia de presente de aniversário, dia do amigo ou só pra lembrar aquele irmão que ele é especial na sua vida. Mais do que recomendado!

amizade, amor, fabricio carpinejar, carpinejar, convivência, família, sofrimento, lealdade, casa, amigo, amigos
 
Título: Amizade é também amor
Autor: Fabrício Carpinejar
Editora: Bertrand (Grupo Editorial Record)
Número de páginas: 288
Lançamento: 2017
Comprar (Amazon – R$ 26,30)
 
 
 
 

* Este livro foi enviado pela editora do mesmo. A política do blog é de sempre fazer resenhas sinceras, independentemente de como o livro chegou até nós. A opinião relatada aqui veio da experiência literária da autora do post e não sofreu nenhuma influência que não tenha sido explicitada na resenha.

* ESTA RESENHA PARTICIPA DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE JUNHO *

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

Discussion about this post

  1. Larissa Costa disse:

    Eu tinha um certo preconceito com crônicas, mas desde o ano passado venho me apaixonando cada vez mais. São poucos os livros de crônicas reconhecidos hoje, por isso é difícil achar recomendações. Como sou uma garota de poucos amigos, porém que ama muito os que tem, me interessei bastante e parece um bom livro pra se ter na bolsa para eventuais imprevistos (vai que o ônibus fica preso no trânsito né hahaha). Assim que eu ler A menina que não acredita em milagres, vou tentar adquirir esse!
    Amei o post ❤

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *