Casada até quarta, Catherine Bybee

blake, samantha, sam, jordan. eliza, casamento, contrato, testamento, vanessa, catherine bybee

Blake Harrison: rico, nobre, charmoso… e precisando de uma esposa até quarta-feira. Para isso, Blake recorre a Sam Elliot, que não é o homem de negócios que ele esperava. Em vez disso, ele encontra Samantha Elliot, linda e exuberante, com a voz mais sexy que ele já ouviu.

Blake Harison precisa urgentemente estar casado para conseguir receber a herança deixada por seu pai. Mas ele não tem namorada e nenhuma mulher em mente para assumir esse compromisso. Além do mais, não considera nenhuma de suas amantes aptas para o desafio. Por indicação ele procura os serviços de Sam Elliot com o plano de encontrar uma noiva que possa atender exatamente às suas necessidades. Porém ao chegar ao local do encontro ele descobre que o Sam é na verdade a Sam. E ela possui uma voz muito sexy.

Sam trabalha ligando pessoas com necessidades e gostos parecidos juntas. Ela é discreta e assegura que seus indicados também são. Investiga o passado e o background de seus clientes para ter certeza que encontrará a combinação perfeita. Ela usa o nome Sam pois sabe que recebe mais credibilidade se passando por homem. Pela reação de Blake ao descobrir que ela é mulher, vemos que ela está certa.

Na maioria das vezes, era ele quem expressava suas necessidades. Os papéis invertidos deveriam tê-lo feito se sentir exposto. Porém, de alguma forma, ouvir Sam Elliot, que definitivamente não era um homem, explicar seu dilema não o fez se sentir assim. Ao contrário, ele estava totalmente confortável, Havia ido ao lugar certo para resolver seu problema.

blake, samantha, sam, jordan. eliza, casamento, contrato, testamento, vanessa, catherine bybee

Apesar da inesperada reviravolta inicial, Blake decide manter o negócio, pois ela aparenta ser extremamente competente. Ele recebe a foto e o perfil de três mulheres distintas, escolhidas a dedo para ele. Seu único trabalho agora é decidir qual delas será sua futura esposa. Depois de uma breve análise, ele decide que nenhuma delas servirá para seu propósito, mas Sam pode ser exatamente o que ele estava procurando. Agora só precisa lhe dar a notícia.

Dependia de Sam Elliot encontrar-lhe uma esposa antes do fim da semana, para que ele pudesse ficar com a casa ancestral que acompanhava seu título – isso para não mencionar o restante da fortuna de seu pai.

Minha opinião

Casada até quarta foi um livro muito rápido, muito rápido mesmo. Consegui ler em duas horas. Erótico/hot não é um gênero que eu costumo ler, porém quis variar um pouco e o pessoal do Mochilão da Record me convenceu a dar uma chance pro primeiro livro da série Noivas da Semana. Gostei muito da experiência, porém tenho minhas ressalvas. O livro não é completamente erótico: na verdade só houve uns três momentos mais picantes na história.

blake, samantha, sam, jordan. eliza, casamento, contrato, testamento, vanessa, catherine bybee

Quanto aos pontos negativos, Casada até quarta acaba caindo no clichê de livros do gênero. A mesma fórmula: pessoas que tiveram grandes decepções no passado, contratos e protagonistas que não querem se envolver. Como a leitura foi rápida, a autora não teve tempo de desenvolver estes esteriótipos, o que eu acho que foi algo positivo. Tanto Blake quanto Sam sempre foram sinceros um com o outro e, na maior parte do tempo, não esconderam a verdade por causa de suas inseguranças. O que achei muito condizente com a idade deles.

Ele já tinha pensado nisso. Mas havia trabalhado arduamente para conquista sua reputação de canalha sem sentimentos, e não precisava estragar tudo fingindo estar apaixonado para que uma mulher subisse ao altar com ele.

Por outro lado, a rapidez não permitiu o desenvolvimento de alguns personagens, deixando-os unidimensionais, como a mãe de Blake, Jordan e Vanessa. No final das contas, achei válida a leitura para sair de minha zona de conforto. Imagino que quem goste e esteja familiarizado com o gênero vai gostar muito de Casada até quarta e os outros livros da saga.

blake, samantha, sam, jordan. eliza, casamento, contrato, testamento, vanessa, catherine bybee
Título: Casada até quarta (Wife by wednesday)
Autor: Catherine Bybee
Editora: Verus (Grupo Editorial Record)
Número de páginas: 196
Lançamento: 2017
Comprar (Amazon – R$ 20,93)
Leia um trecho
 
 
 
 

* Este livro foi enviado pela editora do mesmo. A política do blog é de sempre fazer resenhas sinceras, independentemente de como o livro chegou até nós. A opinião relatada aqui veio da experiência literária da autora do post e não sofreu nenhuma influência que não tenha sido explicitada na resenha.

* ESTA RESENHA PARTICIPA DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE JULHO *

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

32 Discussion to this post

  1. Quero muito ler esse livro e conhecer a serie.

    Beijos

  2. Janaina silva disse:

    Faz um tempinho que não leio livros mais picantes… Todos realmente são bem parecidos.
    Mas pela resenha,acredito que essa história é ideal para ler entre uma leitura e outra mais densa.
    Um clichê às vezes cai bem. 😉
    E leria esse com certeza!

  3. Morgana Brunner disse:

    Oiii Juliane tudo bem?
    Que capa mais linda menina, creio que essa deve ter sido a unica coisa que despertou meu interesse, eu lá não sou muito chegada em romances de época, mas parece ser um livro engraçado, ótima resenha e lindas fotos.
    Beijinhos

    • Juliane disse:

      Oi Morgana, tudo bem comigo e com você?
      Casada até quarta não é romance de época, então se quiser dar uma chance 😉
      Beijos

  4. Ariane disse:

    As capas dessa série são lindas, estou doida por ela.
    Adorei as fotos
    Beijos Ariane

  5. Oi,
    Estou bem ansiosa para ler essa série, sempre vejo otimas recomendações e a sua nao me desapontou.

  6. Marcia disse:

    Olá!
    Adoro esses romances rápidos , leves e que não tem compromisso nenhum com a realidade que não a nossa.
    Adorei!

  7. Não costumo ler romances de época, mas acredito que o clichê faça parte hahahaha por ser um livro rapidinho acho que vale a pena ler para esfriar a cabeça. Além disso, a capa é linda né? kkkkkk
    Beijosss, amei as fotos!!

    • Juliane disse:

      Oi karina, tudo jóia?
      Casada até quarta não é um romance de época 🙂
      Obrigada pelo carinho.
      Beijos!

  8. Sandra Mendes disse:

    Hey, Juliane!

    Eu não gosto de livros hot, não mesmo…rsrs
    Sem contar que a fórmula nunca muda, é sempre mais do mesmo.
    Esse livro passa bem longe da minha estante… ahahahaha

    Beijos!

    • Juliane disse:

      Oi Sandra!
      As vezes não funciona pra gente mesmo, mas de vez em quando compensa dar uma chance 🙂
      Beijos!

  9. Mara disse:

    Oi, li esse livro recentemente, concordo com você que ele não tem uma pegada do erótico, ele tem essas poucas cenas e só. Não é uma leitura ruim, mas também não é uau! Acho que é o livro perfeito para quem quer uma leitura rápida e fluida, com uma história que desperte seu interesse ou aquela leitura para curar uma ressaca. Quero ler os próximos e ver como será…

  10. Oi Juliane.

    Eu li algumas opiniões sobre esse livro e estou vontade de lê-lo. Eu gosto de ler romances entre livros de terror ou quando o assunto do livro é muito pesado e o romance ajuda acalmar um pouco. Dica anotada, pois gostei da sua opinião.

    Bjos

  11. Valéria disse:

    é,ele é bem curtinho mesmo, mas ao contrário de vc que desejou sair da zona de conforto, nao me atrevo a pontto de encarar uma leitura [mais uma] do gênero… tinha visto essa série no evento da editora tbm, mas realmente livros assim não fluem bem comigo,mesmo que sejam de escrita leve…
    bjs…

    • Juliane disse:

      Oi Valéria,
      Entendo seu ponto, no meu caso sair da zona de conforto deu certo, se você arriscar depois me conta o que achar 🙂
      Beijos

  12. Ana Souza disse:

    Olha, achei essa série interessante. Vi algumas propagandas e fiquei meio curiosa. O ruim é essa coisa de série. 50 livros pra você saber o final é uma coisa bem desagradável. Eu não consigo ler um livro só! Sempre me enfio numa outra série… Tô meio cansada.
    Um dia quem sabe eu entro nessa, até porque você falou que leu num dia…. É uma possibilidade… 😀

    Parabéns pela resenha!

    beijinhos!!

    #Ana Souza
    https://literakaos.wordpress.com/

    • Juliane disse:

      Oi Ana, tudo jóia?
      Essa série vai ter só 7 livros haha
      Se ler depois venha me contar o que achou
      Beijos

  13. Olá!
    Muito breve voltarei a ler romances de época, tinha dado uma parada por ter enjoado. Mas, já faz tanto tempo que acho que chegou a hora. E é sempre bom ficarmos por dentro das novidades,do que está bombando no momento. Gostei desse livro,já está devidamente anotado.
    Adorei a dica
    Nizete
    Cia do Leitor

  14. Olá, tudo bem?
    Adorei seu blog, bem amorzinho.
    Então… eu li esse livro e embora ele não tenha sido o melhor do gênero que li, gostei dele. É leve, tranquilo, dá pra ler em uma tarde. Até os clichês eu curti hehe
    Beijos <3

  15. Mari disse:

    Eu li esse livro e gostei, é um gênero que costumo ler bastante. Mas realmente é bem clichê. É legal para quem quer uma leitura despretensiosa.
    Beijos
    Mari
    http://www.pequenosretalhos.com

  16. Você também achou que, pelo título, haveria uma mulher como protagonista? Eu fiquei confuso aqui kkkk eu amo como um livro flui dessa forma como você falou, mas 2 horas? Tô besta, deve ser mega tranquilo mesmo. Mérito pra autora! Uma pena que tenha ficado preso nesse clichê né? Uma ótima resenha, parabéns pela objetividade e impessoalidade mesmo o livro sendo oferecido pela editora :))

  17. Kira disse:

    Achei super interessante, já escrevi uma vez sobre uma situação parecida com motivos diferentes, agora quero saber como esse livro vai tratar da situação, a ideia de um casamento por contrato pode servir de base para diferentes climas dentro de um livro e agora quero saber o que Casada até Quarta guarda para os leitores!

    Beijos!!!

  18. Jéssica Melo disse:

    Olá Juliana, pelos seus comentários apesar de ser um enredo com pontos clichês e corrido parece ser uma leitura bem gostosa. Adorei a dica.

  19. Andy disse:

    Fiquei interessada pela série, mesmo que ela não consiga fugir dos clichês que compõem os livros do gênero. Espero que eu acabe gostando mesmo assim e que encontre algum diferencial na escrita da autora que torne a leitura proveitosa.

    Abraços,
    Andy – StarBooks Blog

  20. Débora disse:

    Eu achei que faltou um pouco mais de profundidade nesse livro, mas eu não vou mentir que eu adorei a história, os diálogos e a pegada do livro. Espero que os próximos volumes da série sejam tão divertidos quanto esse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *