O Bracelete Misterioso de Arthur Pepper, Phaedra Patrick

fabrica 231, o bracelete, arthur pepper, rocco, romance, 2017

Um senhor que perdeu sua esposa, ao tentar se desfazer de suas coisas encontra uma pulseira com vários pingentes inusitados e um número de telefone. Tomado pela curiosidade de conhecer melhor esse lado de sua esposa, Arthur Pepper vai em busca de compreender todos os significados misteriosos contidos em cada um deles. Descobertas sobre a sua falecida esposa foram feitas, mas as maiores descobertas foram sobre ele mesmo, sua capacidade de superar o luto e as novas histórias que poderia construir sozinho.

No começo da história nos encontramos com Arthur aprendendo a conviver com a falta que a sua falecida esposa, Miriam, faz em sua vida. Idoso, com limitações físicas e características típicas do processo de luto, Arthur é um senhor reservado, que preserva viva a memória de sua esposa e recua frente às investidas de contato que sua vizinha, Bernadete, oferece. Ele tem dois filhos, Dan e Lucy, que são muito distantes, a ponto de não terem comparecido ao funeral de Miriam, o que o deixa ressentido. Ao descobrir o bracelete de sua esposa com um número de telefone, mais do que depressa Arthur se vê em uma situação inusitada: a sensação de que não conhecia Miriam completamente se instaura sobre ele. A curiosidade sobre o passado de sua esposa, então, vem a tona e ele decide investigar. Ao ligar para o número gravado no pingente ele descobre que é um número da Índia, e que depois dessa ligação havia muito o que desvendar sobre sua esposa.

Todos os dias, Arthur saía da cama precisamente às 7:30h, exatamente como fazia quando sua esposa, Miriam, era viva. Tomava uma ducha, vestia calça cinza e camiza azul clara e a camiseta regata mostarda que havia separado na noite anterior. Barbeava-se e descia.

fabrica 231, o bracelete, arthur pepper, rocco, romance, 2017

Os pingentes contidos no bracelete são: um elefante, uma flor, um livro, uma paleta, um tigre, um dedal, um coração e um anel. A jornada de Arthur em busca de compreender o que no passado de sua esposa ele desconhecia, o conecta novamente com o mundo, com novas pessoas, com seus filhos, com as pessoas que ainda estão vivas ao lado dele e, principalmente, consigo mesmo. Começa a fazer coisas que considerava-se muito velho para fazer e percebe que idade não é impedimento para realizar coisas novas. O livro constrói uma narrativa que nos possibilita a conexão com os personagens, além de ser divertido imaginar Arthur vivendo várias dessas aventuras em diversos lugares da Europa.

O tigre tinha lábios pretos e bigodes da espessura de agulhas de crochê. Seus lábios curvaram-se e um filete de baba escorreu para dentro da orelha de Arthur. Quis estender o braço e enxugá-lo, mas não ousou mexer. Era isso. Era um homem morto. Virou a cabeça levemente, para que a baba escorresse para a grama.

fabrica 231, o bracelete, arthur pepper, rocco, romance, 2017

    Minha opinião

É uma característica da fábrica 231 lançar livros com o tipo de escrita que eu gosto. Adoro ler livros que me contam detalhes, que fazem com que a complexidade dos personagens apareça, que mostre com o tempo algo dos personagens que não vemos na primeira página. Arthur ganhou minha empatia de primeira, o processo do luto não é algo simples de lidar e ele o perpassa de maneira justa. Gostaria muito de ter conhecido Miriam, talvez num flashback em algum capítulo, não sei, mas entendo que isso mudaria toda a estrutura da narrativa. Estou com dificuldades de não dar spoilers, mas o que eu quero deixar sobre esse livro é que a história foge do comum, nos leva para lugares que não estamos habitados e nos coloca em conexão com a senilidade, que é pouco vista e pouco lembrada nas literaturas mais jovens. Gostaria de ser amiga do Arthur e o ouvir contar suas histórias em busca dos mistérios do bracelete de Miriam.

O aeroporto era tão claro quanto um consultório de dentista, e as lojas estavam cheias de joias, ursinhos, roupas, perfumes, bebidas. Ele vagou por lá e comprou algumas bolinhas de gude, um elefante de pelúcia e um guia de viagens para si mesmo. Abriu a primeira página e havia um mapa-múndi. A Inglaterra era uma mancha minúscula. Tem tanta coisa pra ver, pensou.

fabrica 231, o bracelete, arthur pepper, rocco, romance, 2017
 
Título: O bracelete misterioso de Arthur Pepper (The curious charms of Arthur Pepper)
Autor: Phaedra Patrick
Editora: Fábrica 231
Número de páginas: 303
Lançamento: 2017
Comprar ( Amazon – R$ 28,90)
 
 
 
 

AWTR ASSINATURA PARA BLOG3

* ESTA RESENHA PARTICIPA DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE NOVEMBRO *

Isabela Tavares

Leitora desde muito cedo, carrego comigo as inspirações de menina sonhadora com um quê de mulher que não acredita em tudo que lê. Prefiro romances pela possibilidade de me apaixonar por personagens densos e complexos.

Related Posts

Discussion about this post

  1. Elidiane Lima disse:

    Oi, Isabela!
    Confesso que a trama de O Bracelete Misterioso de Arthur Pepper não despertou o meu interesse, não fiquei curiosa para acompanhar a jornada de Arthur em busca de compreender o que no passado de sua esposa ele desconhecia… por isso dificilmente eu leria esse livro! Abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *