Unboxing e resenha | Crônicas de Morrighan: a origem do amor, Mary E. Pearson

Quando o primeiro volume das Crônicas de Amor & Ódio chegou ao Brasil, os leitores souberam na hora que era amor à primeira vista. A jornada de Lia — repleta de aventura, fantasia, poder e romance — fez com que os darklovers se entregassem de corpo e alma a um universo deslumbrante criado pela premiada escritora Mary E. Pearson. Mas antes que fronteiras tivessem sido traçadas, antes que tratados fossem assinados e batalhas fossem travadas novamente, antes que os grandes reinos dos Remanescentes tivessem até mesmo nascido, uma menina chamada Morrighan e sua família lutavam para sobreviver em meio à guerra. Vem saber mais sobre a origem da história que tanto amamos:

Crônicas de Morrighan: a origem do amor é um prelúdio para as Crônicas de amor e ódio. A leitura dos outros livros não é obrigatória para entender a história e a sequência de leitura desse livro é flexível. A edição física é exclusiva do Brasil e conta com um prefácio único para os leitores brasileiros. A publicação conta ainda com com um corte de folha dourado maravilhoso.

Mary E. Pearson, Darkside, darklove, the kiss of deception, the beauty of darkness, the heart of betrayal, morrighan, jafir, lia, venda, gaudrel

Uma tempestade de proporções inimagináveis acabou com a vida de milhões de pessoas e o restante da humanidade ficou responsável por retomar a existência de seus povos. Gaudrel (a mesma que criou os últimos testemunhos de Gaudrel) era a chefe de um clã onde viviam a jovem Morrighan e sua irmã Venda. Gaudrel foi a responsável por manter as irmãs e o clã a salvo durante os anos em que os deus castigavam a humanidade com sua ira. Ela utilizou do dom para lutar pelo seu clã. A senhora escreveu todo o ocorrido e ditou ainda futuras profecias, conhecido como Os últimos testemunhos de Gaudrel.

Mary E. Pearson, Darkside, darklove, the kiss of deception, the beauty of darkness, the heart of betrayal, morrighan, jafir, lia, venda, gaudrel

Venda foi sequestrada e levada para além da montanha, e com medo de que o mesmo pudesse acontecer com Morrighan, todo seu clã ficou vigiando a garota incessantemente. Em um momento, uma tribo dos chamados Abutres quase encontrou-a, mas essa não foi a última vez que Morrighan conheceu algum deles. Posteriormente ela conhece Jafir, da tal tribo. Vindos de realidades totalmente diferentes, ele um ladrão e ela um alvo fácil e fraco, inicialmente se estranham. Eventualmente desenvolvem uma amizade e acabam se apaixonando.

Mary E. Pearson, Darkside, darklove, the kiss of deception, the beauty of darkness, the heart of betrayal, morrighan, jafir, lia, venda, gaudrel

Minha opinião

O empoderamento feminino é presença forte em Crônicas de Morrighan, assim como nos livros anteriores. Foi muito bom pode relembrar o estilo da escrita de Mary E. Pearson. Todas as mulheres do clã são fortes cada uma a sua maneira. Essa história, particularmente, foi rápida mas ainda envolvente. Senti um calorzinho no coração ao acompanhar a relação de Morrighan e Jafir e ao saber mais das origens da fantasia que me conquistou ano passado.

Mary E. Pearson, Darkside, darklove, the kiss of deception, the beauty of darkness, the heart of betrayal, morrighan, jafir, lia, venda, gaudrel

Acho que o universo das Crônicas de amor e ódio foi bem concluído e abordado. Ao mesmo tempo que gostaria de saber mais e mais de cada lenda e personagem, tenho medo que uma nova exploração da história possa estragá-la. O que vocês acharam de Crônicas de Morrighan? Gostariam de mais histórias da série? Se perdeu, aqui estão as resenhas de The kiss of deception, The heart of betrayal e The beauty of darkness.


 
Título: Crônicas de Morrighan (The remnant chronicles)
Autor: Mary E. Pearson
Editora: Darkside
Número de páginas: 120
Lançamento: 2017
Comprar (Amazon – R$ 21,76)
 
 
 
 

* Este livro foi enviado pela editora do mesmo. A política do blog é de sempre fazer resenhas sinceras, independentemente de como o livro chegou até nós. A opinião relatada aqui veio da experiência literária da autora do post e não sofreu nenhuma influência que não tenha sido explicitada na resenha.

* ESTA RESENHA PARTICIPA DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE JANEIRO *

Juliane Oliveira

Gosto de distopias memoráveis e contemporâneos que não sejam desnecessariamente tristes. Não sou muito fã de dias chuvosos ou frios. Apaixonada por séries, livros, filmes e pets no geral.

Related Posts

Discussion about this post

  1. Antes de mais nada, Darkside arrasa com suas edições, né? ❤️
    Agora, sobre esse unboxing, que coisa mais linda! Eu me interessei muito pela história, porque gosto de romance medieval.
    Beijos

    Supimpa Girl

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *