Posts in Category

contos e crônicas

Quando você encontra livros espetaculares escritos por escritores maravilhosos, você obrigatoriamente precisa falar do autor. Dany Laferriére é negro, haitiano. De quantos autores haitianos você já ouvir falar? Foi batizado com o mesmo nome do pai, Windsor Klébert Laferrière. O pai de Dany era um politico importante e foi exilado forçosamente quando Dany tinha seis anos e por medo da abrangência da perseguição politica Dany é afastado dos pais e vai viver no interior com a avó. Aos 19 anos ele se torna jornalista e o mesmo regime o persegue

Vamos falar sobre Clarice Lispector e seus contos maravilhosos? A Rocco é uma das editoras, se não A editora, que mais publica obras da Clarice Lispector. E um dia vagando pela livraria acabei achando um livro curtinho de contos da autora, chamado Onde estivestes de noite. É uma edição que me chamou atenção do início ao fim e decidi fazer uma pequena resenha de um dos contos que mais gostei dentro do livro.

Quando uma autora já no subtitulo consegue encaixar tão inteligentemente um neologismo, o livro tem o dobro de chances de ser bom. Nesse caso, Diana conseguiu superar todas as expectativas em relação à isso. As cronicas contidas nesse livro são – em sua maioria – adaptações das crônicas que ela escrevia para o jornal, e todas tem uma característica em comum: a inteligência e sagacidade de Diana com as palavras, e para além, com os conteúdos.

Nós, humanos, achamos que somos o máximo. Mas o que temos feito com o nosso mundo? SÓ OS ANIMAIS SALVAM é um livro que tenta responder a essa pergunta de maneira inusitada. Cada um de seus contos é uma fábula moderna — narrada pela alma de um animal envolvido em mais um dos incontáveis conflitos e guerras humanas ao longo do último século — e suas espantosas e formidáveis histórias de vida e morte.

Em seu novo livro de crônicas, Carpinejar não fala de amor, mas de amizade. São 122 textos ao longo de mais de 200 páginas que combinam reflexões de companheirismo e humor do cotidiano com lembranças da infância e um ou outro conselho sobre convivência. Vem saber mais sobre Amizade é também amor, de Carpinejar: