Posts in Category

ficção

Audrey é uma garota de 16 anos que mudou de cidade e vai morar em uma nova casa na companhia de ser irmão, Peter, e sua mãe, Lorraine. Ela é uma menina com depressão e luta cada dia de sua vida para tentar amenizá-la, vencê-la. E sua mãe, que é enfermeira, busca ajudá-la da melhor forma possível com o objetivo de tratar a filha e salvá-la da depressão. A Granja parece ser um bom lugar para recomeçar, só o que poderia ser a construção de uma nova vida se transforma

De acordo com as justas e precisas profecias de Agnes Nutter, bruxa (o único verdadeiro livro de profecias, escrito em 1655, poucos antes de ela explodir), o mundo vai acabar em um sábado. No sábado que vem, para falar a verdade. Pouco antes da hora da janta. Vem saber mais sobre Belas madições, de Terry Pratchett & Neil Gailman:

Seth está se afogando. Ele sente as ondas fortes, congelantes, vencendo a batalha que seu corpo inutilmente tenta travar. Há momentos, lapsos de esperança, em que ele ainda pensa ter controle, pensa que pode vencer e remediar o arrependimento que brota dentro de si por ter entrado no mar. Mas esses momentos vão, o mar é muito forte e cheio de vontade e quando menos, ele sente o escuro se aproximar junto a uma certeza: ele morreu.

A 1222 metros de altitude, um acidente de trem. Uma impiedosa nevasca. Um hotel centenário. E um assassinato! Uma ex-policial, tão astuta e brilhante quanto sarcástica e antissocial, é a única pessoa capaz de solucionar o mistério da morte de um dos 269 passageiros de um trem descarrilado. Isolados do resto do mundo por causa da neve, uma atmosfera de medo, hostilidade e desconfiança instala-se no hotel onde eles se refugiaram.

Inspirada pelo diário de Anne Frank, Kimberly Brubaker Bradley cria A guerra que salvou minha vida. Ada, uma menina de dez anos (pelo menos ela acha que tem dez anos), nasceu com o pé torto, conhece o mundo pela janela do apartamento, pois nunca saiu de casa, é a narradora deste romance. A história ocorre na Inglaterra, no contexto da Segunda Guerra Mundial, é uma amostra de um olhar infantil e diferenciado sobre a guerra, uma versão da história sangrenta narrada com cores, sons subjetividades, o íntimo de uma criança

1 2 3 13 Page 1 of 13