Posts in Category

V&R

A Maldição do Vencedor foi uma série inconstante para mim, não amei desde o princípio, apesar de me afeiçoar a alguns aspectos. No segundo livro, alguns problemas foram se resolvendo na narrativa para mim, e tudo acabou com um gatilho enorme para o fim da trilogia. O Beijo do Vencedor é o último livro da trilogia, você pode ler nossa resenha do primeiro aqui e do segundo aqui, vale lembrar que aqui você poderá encontrar alguns spoilers.

Se você leu minha resenha de A Maldição do Vencedor sabe que o livro não alcançou as expectativas que as opiniões de outras pessoas cultivaram em minha mente. Apesar de uma excelente premissa, algumas coisas não funcionaram para mim. Então, resolvi dar outra chance para o O Crime do Vencedor, segundo livro da série e comprovar se o problema era algo meu. Vale lembrar aqui que é o segundo livro, o que quer dizer que se você não leu o primeiro, pode ser que alguns SPOILERS te peguem aqui.

Quando o jogo começa, quanto vale uma vida? Kestrel é uma Valoriana pouco acostumada a perder, graças a sua perspicácia e estratégia. Quando se vê encurralada entre uma multidão e um leilão de escravos, o lance certeiro a lava direto para a “maldição do vencedor” e ela se vê detentora de uma vida que nunca desejou e não sabe muito bem o que fazer com ela.

Passados alguns meses da Epidemia, Sadie Walker é uma das sobreviventes do grande apocalipse zumbi. Manter-se vida em Seattle, cuidar de seu sobrinho Shane e escapar de zumbis violentos são as metas dessa heroína. Quando tudo parece difícil, um novo ataque zumbi atinge a cidade e as coisas ficam ainda piores. Inspirada pelo blog de Allison, Sadie consegue salvar seu sobrinho de um sequestro e a única chance de escapar de Seattle é fugindo para ilhas San Juan. A ilha parecia ser um lugar seguro, mas estava cheia de zumbis