Posts in Category

séries

The Mist é uma série de televisão norte-americana de ficção científica e suspense desenvolvida por Christian Torpe para o canal Spike. A série é baseada no conto de mesmo nome do autor Stephen King. A primeira temporada estreou no dia 22 de junho de 2017 e tem dez episódios. Uma névoa misteriosa envolve lentamente a cidade de Bridgton, no Maine, criando uma barreira de visibilidade quase impenetrável. Os moradores da cidade logo percebem que situação é ainda mais precária quando descobrem que, escondido dentro da névoa, existem numerosos monstros de

Eu estava em um momento de espera na vida e vi pelo Facebook um amigo postando um gif engraçadíssimo. Curiosa, perguntei de que filme era e ele me disse que era da série Grace and Frankie, produzida pela Netflix em 2015. A série é protagonizada, obvio, por Grace (Jane Fonda) e Frankie (Lily Tomlin). Mulheres que estão na terceira idade e recebem a noticia que seus maridos são gays e vão se casar.

Foto de Divulgação – BBC ONE Quando, na reunião de pauta do blog, a gente decidiu falar de séries, a primeira que me veio em mente foi Sherlock. Talvez depois de LOST essa seja a minha série favorita porque supera todas as minhas expectativas. Expectativas de personagens, de roteiro, de fotografia… Esse é um personagem que já está no imaginário popular, mas a releitura que Benedict faz é simplesmente sensacional! Vale a pena!

Opa, falou em zumbis é comigo mesmo! Meu amor com iZombie começou primeiro com indiferença: The Walking Dead estava em hiato e eu não tinha mais filmes do tema para assistir. Eu já havia ouvido falar da série, mas nunca me interessei para saber do que se tratava: primeiro por causa do nome, (motivo besta né?, mas me lembrava iCarly) e segundo por causa do pôster de apresentação da série (é esse que coloquei na chamada da postagem). Resumindo, a série realmente não me chamava atenção. Até que eu fiquei

Inicialmente, esse era um post sobre Jessica Jones, mas sinto que eu perdi o timing né? Haha. Acabei vindo fazer um post sobre Supergirl mesmo tendo odiado o piloto. Se você, como eu, só assistiu o primeiro episódio da série e achou ela bem fraca e previsível: você não está sozinho nessa. PORÉM dentre tantas mulheres excepcionais nos últimos tempos, tanto no cinema quanto na tv, eu escolhi falar da Supergirl e é porque a gente deixou muita coisa passar desapercebida sobre esse seriado e as maravilhas que ele tem