Posts in Tag

romance

Audrey é uma garota de 16 anos que mudou de cidade e vai morar em uma nova casa na companhia de ser irmão, Peter, e sua mãe, Lorraine. Ela é uma menina com depressão e luta cada dia de sua vida para tentar amenizá-la, vencê-la. E sua mãe, que é enfermeira, busca ajudá-la da melhor forma possível com o objetivo de tratar a filha e salvá-la da depressão. A Granja parece ser um bom lugar para recomeçar, só o que poderia ser a construção de uma nova vida se transforma

Antes de mais nada: FELIZ DIA DOS NAMORADOS! <3 Hoje finalizamos nossas postagens especiais para comemorar essa data com um livro de romance bem amorzinho. Posy é uma moça nos altos de seus 28 anos, com um acúmulo de bagunça a sua volta, pilhas de livros prestes a despencar ao menor toque, um irmão mais novo – que alguém deixou que ela fosse a guardiã legal após a morte de seus pais – e um apego grande demais à livros do gênero romance, seja qual for o tema, a data

As demonstrações de amor podem – e devem – estar nas coisas mais simples da vida. Dividir os dias com outra pessoa é algo muito singelo, e quando verdadeiro, é muito natural. Nessa semana nossas resenhas são especiais para trazer um pouco do clima de dia dos namorados para nossas vidas e nada melhor do que falar sobre as várias coisas boas do amor:

E se pudéssemos ter a chance se ver Sherlock Holmes e seu inseparável amigo Dr. John Watson em ação em outros casos? E se esses outros casos fossem sobre os grandes compositores da música clássica e as causas de suas mortes? Bom, isso é o que Pedro Bandeira e Guido Carlos Levi se propuseram a fazer nesse livro, que conta com mistérios e o desvendar deles pelo detetive mais aclamado de todos os tempos.

Chicky é a filha mais nova de uma família bem grande. Ela sempre foi muito séria, confiável e responsável, com cuidados com seus pais e um respeito inegável. Cresceu sob a sombra dessa imagem guiando seus passos para um futuro estável na cidade em que nascera, Stoneybrigde, no oeste da Irlanda. A moça era jovem e trabalhava na fábrica de malhas da cidade, sendo sempre muito elogiada por sua conduta, até que Walter Starr entra na fábrica pedindo por um um cardigã típico irlandês.

1 2 3 Page 1 of 3