In2018, cinema, literatura, resenha, séries

Personagens Inspiradoras

Começando os posts da semana da mulher aqui no blog, e fiz questão de trazer protagonistas de livro/série/filme que me inspiram, que me lembram que as pautas sobre a mulher são importantes, que a mulher demorou muito tempo para ter seu espaço nos meios sociais, inclusive no meio literário. Um exemplo disso é J.K. Rowling que precisou usar as iniciais de seu nome porque ninguém compraria livros escritos por uma mulher. Então, escolhi uma lista diversa, com mulheres diversas para representar algumas protagonistas que me inspiram a entender melhor as pautas femininas e me desconstruir enquanto mulher.

semana da mulher, mulher, dia da mulher, 8 de março, grace and frankie, hermione granger, mulan, lori, clarice lispector

Grace and Frankie
Ok, sei que estou roubando colocando as duas na mesma categoria, mas assisto a série as enxergando como complementares, por isso eu as coloquei juntas. A série em si já traz uma temática que eu acho muito válida: a mulher na velhice. Nós temos a errônea crença de que as mulheres com mais de 60 anos passam a ser as avós a lá dona Benta e que elas não tem mais sexualidade, conflitos, relacionamentos, paixões, dúvidas, amores, sabores… Jamie Fonda e Lily Tomlin são brilhantes em suas personagens, pois, no caminho da convivência vão de despindo dos padrões que elas carregavam a vida toda, vão se transformando e nos colocando a refletir sobre a mulher, na terceira idade, no mundo. Eu recomendo a série por muitos motivos, mas o principal deles é por trazer visibilidade para mulheres mais velhas. Porque antes de assistir a série eu nem pensava sobre esse assunto, e agora eu enxergo de maneira diferente.

semana da mulher, mulher, dia da mulher, 8 de março, grace and frankie, hermione granger, mulan, lori, clarice lispector

Lóri (Uma aprendizagem ou o livro dos prazeres)
Essa é, de longe, a minha personagem favorita de Clarice Lispector… Eu não sei nem se consigo descrever o quanto essa personagem é capaz de dizer sobre o feminino. Lóri em seus conflitos com o par romântico descreve uma teia de emoções e sentimentos, sensações e pensamentos que me atravessam quase como se dissesse que está empática comigo por saber do que eu também sinto. Li esse livro a primeira vez aos 13 anos, e confesso não ter entendido nada do que ela queria dizer, o estilo da escrita de Clarice foi algo que demorei a me adaptar, mas quando finalmente retornei aos 21… Bom, já descrevi acima. Recomendo muito! A passagem e a construção que ela faz durante o livro me inspiram.

semana da mulher, mulher, dia da mulher, 8 de março, grace and frankie, hermione granger, mulan, lori, clarice lispector

Hermione Granger
Quem já conversou comigo por mais de 30 minutos deve saber que eu sou uma grande fã do universo Harry Potter e que minha personagem preferida é – sem duvidas – a Hermione Granger. Mione (para os íntimos) é uma menina que desde o principio me inspirou. Provavelmente porque eu era criança quando os filmes foram lançados então ela já era uma criança incrível, estudiosa e inteligente (características que eu prezava), e se tornou uma mulher cada vez mais independente, esperta, articulada e corajosa, ou seja, uma heroína perfeita! Admiro a Mione por suas habilidades em tentar resolver conflitos, sua capacidade de usar a inteligência para fazer o que é certo e não somente o fácil… Ai, deu ate vontade de reler!

semana da mulher, mulher, dia da mulher, 8 de março, grace and frankie, hermione granger, mulan, lori, clarice lispector

Mulan
Eu poderia começar esse parágrafo como o anterior, porque eu sempre digo que a Mulan é minha princesa da Disney preferida. Simplesmente porque ela corta o cabelo e vai pra guerra. Claro que dentro do contexto em que ela vivia, os direitos femininos eram muito escassos e ela poderia ser condenada por um monte de coisas, mas por amor, e não amor a um par romântico, e sim à sua família ela foi em busca daquilo que ela acreditava ser certo. Mulan me inspira a enfrentar minhas guerras diárias como uma mulher. Mesmo ela tendo que se passar por um homem por um tempo, no fim do dia, todos sabiam que era uma mulher quem estava salvando a China.

Enfim, são tantas mulheres, mas escolhi essas quatro por representarem fases diferentes da minha construção enquanto mulher. Afinal de contas é preciso tornar-se uma. Feliz dia da mulher! Que saibamos cada vez mais que podemos (e devemos) estar cada vez mais em mais lugares, ocupando mais espaços, conquistando nossos objetivos e sendo como quisermos ser.

2

You may also like

2 Comments

  • Daniel Marques

    Hermione e Mulan são personagens históricas. Lindo isso. 🙂

    07/03/2018 at 14:29 Reply
  • RUDYNALVA CORREIA SOARES

    Isabela!
    Clarice Lispector, Hermione e J.K Rowlling são realmente inspiradoras, exemplos a serem seguidos.
    Mulan é uma fofa, forte!
    Feliz Dia Internacional da Mulher!
    “Os lírios não bastam. As leis não nascem das flores. Meu nome é luta, e escreve-se na história.” (Luciana Maria Tico-tico)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA MARÇO: 3 livros + vários kits, 5 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    08/03/2018 at 23:12 Reply
  • Leave a Reply