In2018, Grupo Editorial Record, resenha, romance, Verus

O amante da princesa, Larissa Siriani

Maria Amélia é da família real, e como tal, possui alguns deveres que lhe são impossíveis de fugir, como o casamento arranjado com Maximiliano Habsburgo, o arquiduque da Áustria. Filha de Dom Pedro I e dona Amélia, a imperatriz consorte do Brasil, ela é a princesa e única filha do casal. O casamento a deixa apreensiva, mas o frio pela espera em conhecer o noivo a incomoda mais naquele momento.

Seu respeito por sua posição e por sua mãe lhe impede de tentar fugir da frente do Palácio das Janelas ante a chegada de seu futuro esposo. Maria Amélia não pediria muito, apenas um casamento com nuances felizes como seus pais tiveram. e espera que pelo menos o senhor Maximiliano se mostre uma boa companhia. Ela sabe que é dona de uma personalidade forte, e que não será do agrado de qualquer um, mas não custa nada ter esperanças.

Junto a Maximiliano está Klaus Bachmann – melhor amigo e acompanhante de sentença -, ele é um homem interessante, impetuoso e capaz de conquistar corações. Seu interesse na viagem é aproveitar o melhor que o Palácio das Janelas Verdes e toda a Lisboa podem lhe proporcionar. Além, é claro, de dar todo seu apoio ao amigo, que tem seu coração tomado por outra mulher. Como forma de ajudá-lo, ele propõe distrair e se divertir com a princesa Maria Amélia, e nos dias que passam, os dois travam conhecimento um com o outro… Um conhecimento um tanto íntimo.

“(…) O amor assume diferentes formas para cada um, srta. Amélia, e pode despontar mesmo que não exista paixão.”

Entre o romance e jogo de interesses, Klaus e Maria Amélia se descobrem, descobrem o significados de toques, palavras e olhares. Experiências que mesmo Klaus, um homem mais vivido, não teve contato. Para ambos, o peso de suas obrigações familiares toma conta de suas ações em alguns momentos, resta saber se o amor pode brotar e florescer.

Minha opinião

Já tive contato com outro livro da Larissa antes, em 2016 tive a chance de ler Amor Plus Size e amei. Foi um livro que favoritei sem medo de ser feliz. A Larissa me deu uma leitura que conversou muito com as fases da minha vida, com o que penso e sinto. Como disse na resenha, um livro que eu queria ter lido aos 15 anos de idade. Em O Amante da Princesa a temática foi bem diferente. Aqui temos um livro no gênero romance de época, com a narrativa completamente diferente de Amor Plus Size, e o uso preciso da história. Consegui ver a personalidade de Larissa em seu livro ainda que os dois passem em épocas diferentes. A autora trabalhou nesse gênero com maestria.

Os personagens são cativantes, as falas divertidas e bem construídas. A Maria Amélia tem aquele ponto de heroína empoderada, dona de si mesma, mas inocente que amamos. O Klaus é um homem semelhantes a uma pedra, ao meu ver, que vai sendo lapidado no decorrer do livro. Os dois são personagens dinâmicos, ousados e divertidos, e o romance entre eles acontece de forma fluida e natural dentro do padrão do gênero. Os personagens secundários são mais de apoio, a mãe de Maria é muito presente, e Maximiliano vai nos conquistando melhor no final.

Indico muito esse livro porquê:
1. VAMOS LER NOSSOS AUTORES, GENTE!!!
2. Você gosta de romance de época? Então você já gosta de O Amante da Princesa.
3. O livro fala sobre uma personagem real, que faz parte da nossa história.
4. O livro é um amorzinho.


 
Título: O amante da princesa
Autor: Larissa Siriani
Editora: Verus (Grupo Editorial Record)
Número de páginas: 224
Lançamento: 2018
Comprar (R$ 19,90)
 
 
 

* Este livro foi enviado pela editora do mesmo. A política do blog é de sempre fazer resenhas sinceras, independentemente de como o livro chegou até nós. A opinião relatada aqui veio da experiência literária da autora do post e não sofreu nenhuma influência que não tenha sido explicitada na resenha.

* ESTA RESENHA PARTICIPA DO TOP COMENTARISTA DO MÊS DE SETEMBRO *

3

You may also like

3 Comments

  • Mariana Paiva

    Apesar de ouvir muitos elogios ainda não realizei a leitura de nenhum romance de época. Quase sempre são séries enormes. Não sei se esse livro vai ter continuação, mas eu gosto muito de livros únicos e por conta disso acabo deixando esse gênero para outra hora. Acho que acabo tendo um receio de não me acostumar a escrita, por se passar em outra época. Já vi alguns vídeos da Larissa e ela parece ser uma pessoa muito simpática. Acho que é super importante lermos autores nacionais. Só que infelizmente, eu não leio muito autores nacionais, mas quero mudar isso. Um dos pontos legais desse livro é porque ele conta uma história real. Achei a capa uma gracinha, a editora caprichou.

    20/09/2018 at 13:53 Reply
  • Evandro

    Eu já li alguns elogios ao Amor Plus Size, mas nem fazia ideia que era da mesma autora. Que legal ela variar assim nos gêneros e de conseguir deixar sua marca em ambas as narrativas. Com tantos elogios e características positivas, fica difícil não querer ler O amante da princesa.

    20/09/2018 at 18:20 Reply
  • Ana Carolina Venceslau dos Santos

    Eu já ouvi muitas criticas boas a respeito desse livro mas infelizmente ainda não o li, apesar de já ter lido Amor Pluz Size e me apaixonado. Mas a capa desse livro me lembra outro livro recém publicado cuja a capa é exatamente igual a essa. Enfim. Sou completamente apaixonada pelo genro de romance de época então com certeza vou ler esse livro o mais rápido que puder assim que terminar o livro da Julia Quinn que eu tô lendo

    22/09/2018 at 17:53 Reply
  • Leave a Reply